O sonho da casa própria depende de muito planejamento e organização. Quem opta pelo financiamento imobiliário precisa entregar uma série de documentos ao banco escolhido, aguardar a análise para depois poder fazer o contrato e ter as chaves liberadas. 

Todo esse processo tem um tempo médio, que pode variar dependendo da instituição bancária e, também, da sua organização. Mas, qual é o prazo comum? E o que fazer para facilitar a compra do imóvel? Confira tudo aqui! 

Financiamento imobiliário — Aprovação vs. Liberação

Quando falamos de financiamento imobiliário, precisamos destacar que a aprovação é diferente da liberação. 

No processo de financiar um imóvel, o primeiro passo é entrar em contato com uma instituição financeira, fazer uma simulação, encaminhar os documentos solicitados e aguardar a aprovação do crédito. Isso é o que é chamado de APROVAÇÃO. 

Em seguida, um engenheiro conveniado com a Caixa Federal é chamado para avaliar o imóvel. Se a avaliação for positiva, é agendada a assinatura do contrato e, depois, é feita a  LIBERAÇÃO DE CRÉDITO. 

O tempo médio para liberação do financiamento imobiliário

De acordo com a Associação Brasileira das entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (ABECIP), os bancos levam até 40 dias para aprovar o financiamento imobiliário. Mas isso pode variar bastante.

Em casos extremos, as pessoas podem ter que esperar até três meses para conseguirem seu imóvel liberado. Mas, é claro que ninguém quer que isso aconteça, não é mesmo? Com algumas dicas simples, qualquer pessoa pode ajudar a agilizar a liberação do financiamento. 

Como conseguir a liberação do financiamento imobiliário?

O primeiro ponto é procurar fazer o financiamento imobiliário com o banco que você já tem conta. É que a análise de crédito verifica não só a sua renda e CPF, como também o seu histórico de compra. 

Sendo assim, nada melhor do que fazer negócio com o banco que já te conhece. Vale a pena conversar com o seu gerente e ver como ele pode te ajudar nesse processo. 

Mais uma dica é separar toda a documentação com antecedência e verificar se tudo está correto. Muitos financiamentos de imóveis acabam sendo prolongados porque o cliente acabou esquecendo algum documento. 

Já na hora de escolher um imóvel, tenha a certeza de que ele está em boas condições e sem pendências fiscais e judiciais. No quadro “E agora, Raquel?” no canal do Youtube da Taperinha, você pode conferir mais dicas. 

Como o financiamento imobiliário demanda tempo e muitos cuidados, o auxílio de uma imobiliária faz toda a diferença. Aproveite para conhecer a Imobiliária Taperinha. 

Para outras informações e dicas de compra e venda de imóvel, continue navegando pelo  nosso blog.