Quem não sonha em comprar uma casa ou um apartamento com economia? Se você também está em busca dessa realização, precisa conhecer o financiamento imobiliário. Esse tipo de negócio possui diferentes modalidades, cada uma delas com características ideais para os compradores. Qual será o tipo perfeito para você?

Confira, a seguir, todas as variáveis e realize o seu maior sonho!

Entenda quais são as formas de financiamento imobiliário

Atualmente, no Brasil, as pessoas têm várias formas de financiar uma casa ou um apartamento. Independente do caso, é claro que a avaliação profunda é extremamente necessária. Então, para tomar a melhor decisão, conheça as modalidades de compra:

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

O SFH é um velho conhecido dos brasileiros. Sem dúvidas, o sistema mais popular. Com ele, o comprador pode pagar a dívida em até 35 anos.
Já sobre o valor propriamente dito, cada parcela não pode ser maior do que 30% da renda mensal da pessoa. Vale destacar que essa modalidade faz parte do Governo Federal, fora isso, compõe o sistema do FGTS e SBPE.

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI)

Assim como a modalidade anterior, o SFI também foi desenvolvido pelo Governo Federal. Mas, nesse caso, é possível financiar imóveis um pouco mais caros. Fora que o comprometimento da renda para cada parcela é ilimitado.
Por isso, avalie muito bem essa modalidade e, assim, não se endividar. Já o tempo máximo para quitação é de 35 anos.

Sistema de Amortização Constante (SAC)

Esse sistema já é diferente do SFH e do SFI. Isso porque as prestações vão diminuindo com o passar do tempo.
Antes de fechar negócio, verifique quais serão os valores das parcelas até o fim. Dizemos isso porque as taxas podem variar conforme os meses.

Sistema Tabela Price

No Sistema Tabela Price, as parcelas têm valores fixos e a amortização é crescente. Mas vale uma observação: o valor da dívida passa por correções de inflação, ao contrário do que acontece com o seu salário.
Ou seja, se você não tomar cuidado, o valor do imóvel pode sair do seu orçamento. Procure fazer simulações e descobrir se esse tipo de financiamento imobiliário realmente é o melhor.
Então, já sabe qual sistema é o mais vantajoso para o seu caso? Considere também contar com a ajuda de uma imobiliária!

Para outras dicas de compra e venda de imóvel, acesse o nosso site e veja outros conteúdos aqui no blog!