O setor onde trabalha é considerado por ela como desafiador e um dos que mais demandam várias habilidades dentro da Imobiliária Taperinha. O lugar não poderia ser mais propício para Milena Demeneghi Antunes, 34 anos, a funcionária que em menos de um ano já desempenhou pelo menos três funções na empresa.

Imobiliária Taperinha Santa Maria RS - História da Milena

– Cheguei na Taperinha em Maio de 2014. Comecei no setor Financeiro. Primeiro em uma função, depois, em outra. Em seguida, me convidaram para trocar de setor e achei uma oportunidade desafiadora, além de sentir que confiavam em mim. Hoje administramos 54 condomínios. Gosto muito do que faço, mas tem que ter jogo de cintura. Aqui preciso saber um pouco de tudo: leis, manutenção de edifícios, noções sobre PPCI (Plano de Prevenção Contra Incêndio), além de resolver conflitos de vez em quando, já que lidamos com várias famílias que pensam diferente em um único espaço – explica Milena.

Mas isso não é problema para a funcionária que esbanja calma e segurança quando fala da sua rotina diária. Ela também faz questão de mencionar o apoio que recebe dos diretores Claudio e Giuseppe durante as assembleias com os condôminos.

E o convívio profissional acaba interferindo na vida pessoal, segundo a assessora de condomínio. Há pouco tempo adquiriu seu apartamento e no processo de escolha, documentações e, até mesmo para uma troca de ideia, contou com o apoio dos diretores. Ela também diz ter mudado até alguns comportamentos, que aconteceram motivados pelo convívio e confiança com a “Família Taperinha”:

– Eu era mais fechada, mais reservada. Agora estou mais solta, o pessoal parece que arranca as coisas da gente e todo mundo se dá bem – brinca a Assessora de Condomínios.

Imobiliária Taperinha Santa Maria RS - História da Milena

“Aqui não nos sentimos só mais um funcionário”

 
Desde a sua saída da missioneira Santo Ângelo, cidade onde deixou familiares e amigos para começar uma nova vida em Santa Maria, Milena menciona uma série de transformações e surpresas, das quais a Taperinha faz parte.

– Eu me orgulho quando estou de uniforme e escuto (e já escutei muito) algo como: “A Taperinha é outro nível. Eles são cricris, mas supercorretos e honestos”. E é assim. Aqui eles são transparentes. Também não nos sentimos só mais um funcionário. Todos se importam conosco. Eu nunca havia trabalhado em um lugar assim. Nunca esqueço quando conheci o Seu Claudio: aquele homem sério, alto, “o diretor”. Aí me marcou muito que logo na primeira reunião, apesar de cobrar bastante, ele se mostrou um brincalhão. Era Claudião pra cá, Claudião pra lá. Aqui brincamos, fizemos festa e tanto ele, quanto a Raquel e os colegas participam. Todos são acessíveis e há muita simplicidade.

Imobiliária Taperinha Santa Maria RS - História da Milena

Texto: Pâmela Rubin Matge
Fotos: Juliano Mendes