Boa parte dos problemas de convivência em condomínio, seja por conta do vizinho barulhento, dos desacordos das assembleias ou do uso indevido das áreas comuns, por exemplo, podem ser resolvidos ou evitados quando a gentileza e o bom senso são colocados em prática.

Então confira como você pode contribuir positivamente para a convivência em condomínio e comece mudando a sua maneira de agir e reagir diante das situações, tentando sempre ser gentil e educado com o pessoal que divide o endereço com você.

Dicas pra melhorar a convivência em condomínio

Animais de estimação

Não comprometer a segurança do condomínio, limpar os dejetos feitos durante o passeio pelas áreas, manter a carteirinha de vacinação em dia e controlar os ruídos feitos pelo animal dentro de casa são as regras básicas. Além disso, alguns condomínios podem inserir novas condições dentro da sua convenção. Então fique atento ao documento!

Garagem

Um dos motivos que mais abalam a convivência em condomínio é a garagem. Estacionar fora da faixa, prejudicar o fluxo dos veículos, ocupar mais vagas do que tem direito, ultrapassar a velocidade máxima recomendada, ignorar o vazamento de óleo e estacionar na vaga de outra pessoa são as principais causas dos conflitos. Por isso, procure deixar esse tipo de atitude de fora da sua rotina pra não atrapalhar o pessoal que também precisa e tem direito de estacionar.

Áreas comuns

O uso excessivo de áreas comuns é um sinal claro de falta de bom senso! Sempre usufrua dos ambientes com moderação, de maneira que o restante dos condôminos não fique constrangido de frequentar as áreas que pertencem a todos.

Segurança

Jamais deixe o portão principal ou da garagem aberto, facilitando o acesso de estranhos, pois isso aumenta claramente o risco de assaltos e de descontentamento por parte dos vizinhos. Além disso, essa postura provavelmente será repreendida em assembleias e até mesmo no mural do condomínio.

Barulho

Quem nunca teve um vizinho que aumentou o volume do rádio ou da televisão, conversou em alto tom e usou salto alto muito tempo antes de sair ou depois de chegar? É claro que esse tipo de prática, assim como todas as outras, vai tirar os vizinhos do sério se virar rotina, mas se acontecer muito esporadicamente, não vale a pena prejudicar o clima do condomínio fazendo reclamações desnecessárias. Afinal, todo mundo um dia ouviu uma música com o volume um pouquinho mais alto, chamou os amigos pra jantar ou deu algum passo mais firme dentro de casa. Então é necessário sempre colocar o bom senso pra trabalhar e não sair reclamando de algo que quase nunca acontece.
No entanto, cuide os ruídos que pertencem ao seu dia a dia, como aspirador de pó e barulho das crianças, pois são eles que, de fato, atrapalham a convivência em condomínio.


 

No seu condomínio, o que causa mais mais problemas? Deixe seu comentário e conte pra gente se você e seus vizinhos colaboram ou tudo vira motivo pra discussão.