Adquirir um cantinho pra morar é um dos momentos mais especiais da nossa vida, porém também tem tudo pra ser uma fase de inúmeras inseguranças. Nesse período cheio de dúvidas, a ideia de comprar na planta pode surgir como uma alternativa muito inteligente e viável.
A opção envolve muita coisa boa, como o preço, a personalização, o pagamento e os descontos, mas como nem tudo são flores, todo comprador deve ficar ligado em alguns pontos que podem interferir negativamente na escolha.

Comprar na planta: vantagens e desvantagens

comprar na planta

  1. Preço:
    Provavelmente este é o fator que mais faz brilhar os olhos dos interessados em adquirir um imóvel novinho em folha. Afinal comprar na planta sempre vai ter um preço mais acessível do que depois que o imóvel já estiver pronto.
  2. Personalização:
    Enquanto o imóvel ainda não estiver finalizado, fica muito mais fácil adaptar e dar uma cara única pra ele! É possível escolher o piso, a cor das paredes e, às vezes, até mudar um pouquinho do projeto.
  3. Pagamento:
    Ao comprar na planta, o valor total do imóvel, normalmente, não precisa ser pago à vista. As construturas oferecem a possibilidade de dar uma porcentagem como entrada e parcelar o restante do valor com elas mesmas ou por um financiamento na agência bancária.
  4. Benefício no ITBI:
    Quando o comprador financia o imóvel na planta em um agente bancário, ganha um bom descontinho no Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Essa tarifa é municipal, ou seja, não é fixa e varia de acordo com a localização do imóvel no estado.

comprar na planta

  1. Tempo:
    Pra quem tem pressa de se mudar, comprar na planta, definitivamente, não é a melhor opção. É necessário esperar de 2 a 3 anos, no mínimo, até o imóvel ficar totalmente pronto pra morar.
  2. Alteração do valor:
    Pode ocorrer uma pequena modificação entre o preço acordado no momento da compra e o preço no final da obra. Isso ocorre devido aos reajustes monetários e correções de índices, por exemplo, que acabam interferindo no custo total do imóvel.
  3. Risco:
    Pra ter real garantia de entrega do imóvel lá no final da obra, é de extrema importância buscar uma construtora séria por meio de corretores imobiliários, que são os profissionais adequados pra orientar o comprador a fazer o melhor negócio. Além disso, pra comprar na planta com segurança, é preciso ficar atento ao Patrimônio de Afetação. Quando uma obra possui o Patrimônio de Afetação, significa que ela possui um CNPJ, uma contabilidade e uma Conta Bancária própria. Assim, a obra é protegida separadamente do restante das ações da incorporadora e, em caso de quebra da empresa, os compradores têm a garantia de recebimento do imóvel ou de parte do terreno.

Está pensando em comprar na planta? Essa alternativa é ideal pra quem não tem pressa, sonha com um imóvel novo e quer facilidades na negociação! Entre em contato conosco pelo WhatsApp de Vendas e conheça as opções de imóveis que estão sendo construídos pra você.