A cada ano cresce o número de inscritos para realizar o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e, assim, essa se torna uma etapa importantíssima para a vida da maioria dos jovens. Com tanto conteúdo em tão pouco tempo, mesmo quem está se preparando em cursos dedicados precisa continuar os estudos em casa. Por isso, o blog da Taperinha preparou dicas de como organizar a casa para se preparar para o ENEM.

A importância da prova cresceu muito com o crescimento do SISU (Sistema de Seleção Unificada), em que diversas universidades utilizam as notas obtidas no ENEM para distribuir as vagas. Se você está estudando para a prova, precisa de concentração e um ambiente favorável. Confira as dicas para preparar esse ambiente.
 

Escolha de um local para estudar

 
Ter um espaço em casa dedicado aos estudos é quase tão importante quanto estudar de fato. Esse local deve ser um ambiente produtivo, que favoreça a concentração, o que é algo bastante relativo. Alguns se concentram melhor em uma sala fechada, isolada, outros precisam de luz solar e talvez até um barulho da rua para render, que pode ser a varanda ou o escritório com amplas janelas. Outros vão além e preferem estudar ao ar livre.

Seja qual for o ambiente escolhido, tem uma regra: é difícil se concentrar com constantes estímulos externos, que podem ser os pais ou irmãos falando com você toda hora ou aquele colega de apartamento que deu uma festa no quarto ao lado. Assim, o ambiente deve sempre promover a atmosfera de estudos.
 

Mobiliário para estudos

 
Basicamente, quem estuda precisa de uma cadeira ergométrica confortável e uma mesa ou escrivaninha à altura dos braços para evitar se desconcentrar por causa das dores no corpo. Claro, é bem-vindo ter acesso a livros relacionados à matéria em estudo e a um computador para consultas rápidas (e não para jogar ou acessar redes sociais).

Uma poltrona gostosa pode não ser uma má escolha caso o estudo do momento envolva a leitura de um clássico da literatura brasileira ou para assistir uma vídeo-aula, por exemplo. A televisão é proibitiva, pois a maioria das pessoas não consegue se concentrar 100% quando ela está ligada.
 

Materiais de estudo para o ENEM

 
Faça uma lista de materiais necessários para os estudos para o ENEM. Entre os básicos estão caderno, apostila ou livro, lápis, borracha e caneta. Entre os desejáveis, uma caneta marca-texto para destacar os pontos importantes.

Como dissemos acima, limite-se a usar o computador para pesquisas ou ter acesso a algum conteúdo complementar, já que muitas apostilas atualmente oferecem links e QRCodes (aqueles que você acessa com a câmera do smartphone) para dar continuidade aos estudos.

Se para você é difícil ter disciplina, seja radical e peça para alguém esconder o computador, smartphone ou notebook, mesmo que seja para pesquisa. Isso também vale para livros, revistas ou outros materiais que não tenham relação com a matéria estudada no momento.
 

Organização do tempo de estudos

 
A disciplina não para na escolha dos materiais. Organizar o tempo dos estudos é o principal desafio ao se preparar para o ENEM em casa. É importante definir quanto tempo será dedicado a cada conteúdo, numa distribuição semelhante à adotada nas escolas, em que cada disciplina tem no máximo duas horas/aula. Esse tipo de organização ajuda a trabalhar mais matérias e não ficar tão maçante, enjoativo.

Durante o período dedicado aos estudos, se desligue do mundo. Se forem dedicadas quatro horas durante o período da tarde, por exemplo, encare como um trabalho, algo que não pode falhar. Deixe um dia para descanso, para fazer o que mais gosta. Todos precisam relaxar em algum momento, né?

Já o acesso às redes sociais ou a jogos deve servir como recompensa após cumprir determinados objetivos, como finalizar determinado conteúdo ou conseguir assimilar uma equação difícil. O tempo dedicado a essas distrações não pode ser maior que 20 minutos. Mais uma vez, se é difícil ter disciplina de parar sem se estender além da pequena pausa, evite. Busque outras formas de se recompensar pelos objetivos cumpridos.
 

Crie um grupo de estudos para o ENEM

 
Estudar sozinho é ótimo, mas muitos rendem mais quando estão acompanhadas. Uma dupla ou grupo de estudos focada na prova tende a render mais, pois quando um dispersa outro se encarrega de trazê-lo de volta, de promover a concentração. Duas ou mais pessoas focadas nos estudos podem trocar conhecimentos, se ajudar nos problemas e encontrar respostas mais facilmente.

O local de estudos para o grupo deve seguir as mesmas recomendações de quem estuda sozinho: um ambiente que proporcione concentração e produtividade.
 

Apoio dos colegas de quarto, amigos ou familiares nos estudos

 
Os pais e amigos precisam saber que você está vivendo um momento importante da sua vida, inclusive para te apoiar e não te deixar se perder nos estudos. Caso já esteja morando longe dos pais, conscientize os colegas de quarto ou de apartamento da sua necessidade de se preparar para o ENEM. Melhor ainda se eles também estiverem com os mesmos objetivos que você, aí da para criar um grupo de estudos e compartilhar as alegrias e anseios dessa etapa de estudos.

Por mais que o trabalho seja duro no começo, saiba que dificilmente temos esse momento gostoso mais que uma vez na vida. Aproveite!