Tipos de fiança: Preciso de fiador para locar um imóvel?

9 de fevereiro de 2017 Por Taperinha

unnamed

Na hora de alugar um imóvel uma das maiores preocupações do locatário é com a burocracia, ou seja, além de toda a papelada que você deve reunir, ainda é preciso encontrar um fiador que se encaixe com as características exigidas pela imobiliária. Porém, apesar de essa ser a opção mais tradicional, já existem outros tipos de fiança para servir de garantia nos contratos de locação.

Normalmente, o fiador é aquele parente ou amigo bem próximo que vai responder caso o inquilino não cumpra com suas despesas. Esse terceiro, deve ter renda três vezes maior que o valor do aluguel, além de um imóvel, sem ônus, como garantia. Como está cada vez mais difícil encontrar alguém que se disponha a tal responsabilidade, surgiram outras alternativas como o seguro fiança, título de capitalização e carta fiança.

Seguro fiança: Nesta opção, o pagamento pode ser à vista ou parcelado (com acréscimo) e seu valor varia de dois a três aluguéis, conforme a avaliação da seguradora. Como os demais seguros, ele é renovado anualmente e não é ressarcido ao contratante. Além disso, ele cobre eventuais atrasos no aluguel, despesas no condomínio, danos no imóvel. O seguro fiança garante também, mais agilidade na aprovação e rápido recebimento dos pagamentos atrasados ao locador. Para o locatário, uma vez contratado o seguro, ele tem direito de solicitar pequenos reparos como chaveiro, instalação de chuveiro elétrico, entre outros, diretamente com a seguradora.

Título de capitalização: Para essa medida, se prevê um pagamento único de 12 vezes o valor do aluguel que garante ao inquilino a locação do imóvel, sem qualquer burocracia. Esse valor ficará rendendo e poderá ser resgatado ao final da locação, após a aprovação da rescisão do contrato pela imobiliária. Vale salientar, que o título é renovado a cada ano e para o locatário ser ressarcido do valor integral ele deverá cuidar a renovação do título para não obter descontos no valor.

Carta fiança: Essa opção é para militares de carreira, sendo oficiais, subtenentes e sargentos. A instituição assegura ao locador do imóvel o pagamento dos compromissos decorrentes do contrato de aluguel, mas não se torna fiador do militar.

A fim de te ajudar nessa empreitada, aqui você também encontra os  documentos-necessarios-para-cada-tipo-de-fianca, basta clicar neste link. Se você ainda não escolheu seu imóvel, passe aqui na Taperinha que vamos te auxiliar nessa caminhada e fazer com que o sonho de ter  a sua casa se realize da melhor maneira possível. Qualquer dúvida você pode entrar em contato conosco, utilize a área de comentários ou envie um e-mail para marketing@taperinha.com.br. Além disso, confira também o nosso vídeo do E agora, Raquel? com as especificações do que é preciso para alugar.